50 jovens premiados pelo bom desempenho escolar

50 jovens premiados pelo bom desempenho escolar

02 de julho de 2018

Mais uma vez a EPIS selecionou 50 jovens para participarem na Expedição de 2018, dedicada ao Ano Europeu do Património Cultural.
Estes jovens que integraram o programa da EPIS entre 2016 e 2018 têm entre os 15 e os 17 anos, são estudantes do 8.º e 9.º anos em escolas públicas e conseguiram atingir um aumento de 14 pontos percentuais no peso das notas positivas face às negativas no 2.ºperíodo, que passaram de 74% em 2016/17 para 88% em 2017/2018.

De 2 a 6 de julho, os alunos vão participar na Expedição EPIS 2018 e, durante esta semana, vão visitar alguns dos monumentos mais emblemáticos do país. Estes alunos são de escolas dos concelhos de Almada, Amadora, Açores (Ilhas de São Miguel e Terceira), Campo Maior, Évora, Loures, Lisboa, Odivelas, Oliveira do Bairro, Pampilhosa da Serra, Paredes, Porto, Seixal, Setúbal, Sintra, Mafra e Pombal. 

Os alunos da Expedição ficam alojados na Escola Naval, no Alfeite, onde terão oportunidade de visitar uma fragata da Marinha Portuguesa. Nos dias seguintes, vão poder conhecer locais e monumentos emblemáticos em várias cidades. Em Lisboa, vão visitar as Galerias do Loreto (com o apoio da EPAL) e as Exposições da Fundação Millenniumbcp e da Fundação Calouste Gulbenkian. O Mosteiro da Batalha e a Universidade de Coimbra, assim como a Praça da República e a Sé em Elvas, são outros dos locais que fazem parte da história de Portugal e integram esta expedição. Em Campo Maior, vão visitar o Museu do Café e assistir a uma atuação de cante alentejano. Em Évora, a Praça de Giraldo e o Templo Romano são dois dos ex-libris da cidade e em Mafra poderão visitar o Palácio Nacional.
Nos dois ultimos dias da Expedição EPIS de 2017 estão reservados os dois momentos mais esperados por parte dos alunos EPIS: a visita ao Presidente da República, Associado de Honra da EPIS, no Palácio de Belém, a 5 de julho, e, no dia seguinte, o encontro com o Presidente Aníbal Cavaco Silva, também Associado de Honra da EPIS, no Gabinete do Sacramento.

Para António Vitorino, Presidente da EPIS, “esta é uma experiência única para estes alunos, uma vez que, quase tudo o que fazem, para a maioria, fazem pela primeira vez. Queremos dar novos horizontes a estes jovens e consolidar o trabalho desenvolvido com os mediadores EPIS ao longo de todo o ano letivo. Como 2018 é o Ano Europeu do Património Cultural, considerámos que um roteiro associado a esta temática seria uma excelente oportunidade para lhes estimular o gosto pelo património cultural e para descobrirem a riqueza da História do país em que vivem e, assim, poderem sentir mais orgulho de serem portugueses.”

Os parceiros das visitas da Expedição EPIS 2018 são a Presidência da República, Convento do Sacramento, Marinha Portuguesa, Escola Naval, EPAL, Museu da água, Jerónimo Martins, Escola de Hotelaria e Turismo de Lisboa, Mosteiro da Batalha, Universidade de Coimbra, Câmara Municipal de Pombal, Delta Cafés, Câmara Municipal de Évora, Pestana Hotel Group, Palácio Nacional de Mafra, Câmara Municipal de Mafra, Fundação Millennium bcp, e Fundação Calouste Gulbenkian.

A EPIS agradece o apoio de todas as pessoas e entidades que se envolveram na “EXPEDIÇAO EPIS 2018: ANO EUROPEU DO PATRIMONIO CULTURAL”.