Bolsas Sociais EPIS 2016

Candidaturas de 27 de julho a 30 de setembro

Bolsas Sociais EPIS 2016

27 de julho de 2016

Consciente da sua missão fundacional - a inclusão social -, a Associação EPIS tem dado, desde 2011, um sinal adicional de estímulo e de apoio para a promoção da inclusão social de jovens em risco de insucesso ou de abandono. Com esse objetivo, a EPIS lançou um programa de bolsas sociais para premiar boas práticas de inclusão social e o mérito académico, que terá a sua 6.ª edição em 2016.

O programa de Bolsas Sociais EPIS de 2016 representa um investimento global de mais de 43.000€, que compara com 38.500€ em 2015 (+12%). O programa conta, em 2016, com 15 entidades investidoras: BP Portugal, Cofaco Açores, Deloitte, Fertagus, Fundação AGEAS – Agir com coração, Fundação PT, Grupo Generg, Grupo Pestana, Nutriventures, Repsol, Servier, Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol, Soroptimist International Clube Lisboa Caravela, VHumana e Vitacress.

Em 2016, haverá 11 categorias de bolsas a atribuir, envolvendo processos de candidatura e critérios de seleção distintos:

□ Boas práticas Organizativas

CATEGORIA 1. BP Portugal, Fundação AGEAS – Agir com coração e Fundação PT. Boas práticas organizativas de inclusão social em escolas do Continente, Açores e Madeira, com Ensino Secundário ou com cursos profissionais de nível de qualificação equivalente. Premiadas 3 escolas, uma com 2 bolsas de 400€ e outra com 1 bolsa de 400€, durante 3 anos, destinadas a apoiar alunos que estejam a iniciar estudos no 10.º ano de escolaridade, ou equivalente, em 2016/2017.

CATEGORIA 2. Deloitte, Servier e VHumana. Boas práticas organizativas de promoção da inclusão social de jovens carenciados e/ou em abandono escolar através da Educação, Formação e Inserção Profissional. Premiadas 3 escolas ou outro tipo de instituição, cada uma com 2 bolsas de 400€, durante 3 anos, destinadas a (1) apoiar alunos carenciados e/ou com histórico de abandono no seu percurso educativo, formativo ou de inserção profissional em 2016/2017 ou, por decisão excecional do Júri ou a (2) apoiar o lançamento ou expansão de projetos relacionados de elevado mérito.

CATEGORIA 3. Nutriventures. Boas práticas organizativas de promoção de bons hábitos alimentares. Premiada 1 escola com 2 bolsas de 400€, durante 3 anos, destinadas a (1) apoiar alunos prioritariamente acompanhados pela EPIS no programa “Mediadores para o sucesso escolar”, que tenham terminado o 9.º ano de escolaridade com sucesso em 2015/2016 e que estejam a iniciar estudos no 10.º ano de escolaridade, ou equivalente, em 2016/2017 ou, por decisão excecional do Júri ou a (2) apoiar o lançamento ou expansão de projetos relacionados de elevado mérito.

□ Mérito Académico no 9.º ano de escolaridade

CATEGORIA 4. Repsol. Mérito académico no Ensino Secundário, nos concelhos de Lisboa, Matosinhos e Sines. Premiados com 1 bolsa de 400€, durante 3 anos, 7 alunos de escolas do concelho de Lisboa, Matosinhos e Sines, prioritariamente acompanhados pela EPIS no programa “Mediadores para o sucesso escolar”, que tenham terminado o 9.º ano de escolaridade com sucesso em 2015/2016 e que estejam a iniciar estudos no 10.º ano de escolaridade, ou equivalente, em 2016/2017.

CATEGORIA 5. Cofaco Açores. Mérito académico no Ensino Secundário, na Ilha do Pico, Açores. Premiados com 1 bolsa de 400€, durante 3 anos, 2 alunos de escolas da Ilha do Pico, Açores, prioritariamente acompanhados pela EPIS no programa “Mediadores para o sucesso escolar”, que tenham terminado o 9.º ano de escolaridade com sucesso em 2015/2016 e que estejam a iniciar estudos no 10.º ano de escolaridade, ou equivalente, em 2016/2017.

CATEGORIA 6. Fertagus. Mérito académico no Ensino Secundário, nos concelhos de Almada, Seixal e Setúbal. Premiados com 1 bolsa de 400€, durante 3 anos, 2 alunos de escolas dos concelhos de Almada, Seixal e Setúbal, prioritariamente acompanhados pela EPIS no programa “Mediadores para o sucesso escolar”, que tenham terminado o 9.º ano de escolaridade com sucesso em 2015/2016 e que estejam a iniciar estudos no 10.º ano de escolaridade, ou equivalente, em 2016/2017.

CATEGORIA 7. Grupo Generg. Mérito académico no Ensino Secundário, nos concelhos de Castelo Branco e de Oleiros. Premiados com 1 bolsa de 400€, durante 3 anos, 2 alunos de escolas dos concelhos de Castelo Branco e Oleiros  que tenham terminado o 9.º ano de escolaridade com sucesso em 2015/2016 e que estejam a iniciar estudos no 10.º ano de escolaridade, ou equivalente, em 2016/2017.

CATEGORIA 8. Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol. Mérito académico no Ensino Secundário, na área de Desporto. Premiados com 1 bolsa de 400€, durante 3 anos, 2 alunos prioritariamente acompanhados pela EPIS no programa “Mediadores para o sucesso escolar”, que tenham terminado o 9.º ano de escolaridade com sucesso em 2015/2016 e que estejam a iniciar estudos no 10.º ano de escolaridade, ou equivalente, em 2016/2017, na área de Desporto.

CATEGORIA 9. Vitacress. Mérito académico no Ensino Secundário, nos concelhos de Odemira (Beja) e Loulé (Faro). Premiados com 1 bolsa de 400€, durante 3 anos, 2 alunos de escolas do concelho de Odemira ou de Loulé que tenham terminado o 9.º ano de escolaridade com sucesso em 2015/2016 e que estejam a iniciar estudos no 10.º ano de escolaridade, ou equivalente, em 2016/2017.

□ Mérito Académico no 12.º ano de escolaridade

CATEGORIA 10. Grupo Pestana. Bolsas de mérito para o ensino pós-secundário. Premiados com 1 bolsa de 800€, 3 alunos prioritariamente acompanhados pela EPIS no programa “Mediadores para o sucesso escolar”, que tenham terminado o 12.º ano de escolaridade com sucesso em 2015/2016 e que estejam a iniciar estudos pós 12.º ano de escolaridade em 2016/2017. A duração da bolsa varia entre 1 e 3 anos em função de frequência de Curso de Especialização Tecnológica (CET) ou de Curso Superior, respetivamente.

CATEGORIA 11. Soroptimist International Clube Lisboa Caravela. Bolsa de mérito para raparigas no acesso ao ensino superior. Premiada com 1 bolsa de 1000€, durante 3 anos, 1 aluna prioritariamente acompanhada pela EPIS no programa “Mediadores para o sucesso escolar”, que tenha terminado o 12.º ano de escolaridade com sucesso em 2015/2016 e que esteja a iniciar estudos na universidade em 2016/2017.

 

Consulte o regulamento das Bolsas EPIS 2016 que estabelece as condições de acesso, os critérios de seleção e o processo e calendário de candidaturas para as Bolsas Sociais EPIS 2016-2019 .

As candidaturas devem ser submetidas diretamente no link:

https://goo.gl/forms/jVnUo9EsNujI5kvn1

 

Bom trabalho!