Bolsas Sociais EPIS 2017

Museu do Oriente, 27 de novembro

Bolsas Sociais EPIS 2017

27 de novembro de 2017

CONVITE EPIS | BOLSAS SOCIAIS EPIS 2017

Museu do Oriente, 27 de novembro, 14:00

 

O Presidente da Associação EPIS – Empresários pela Inclusão Social, Dr. António Vitorino, convida V. Exa para a cerimónia de entrega das Bolsas Sociais EPIS – Escolas de Futuro 2017, que se realiza no dia 27 de novembro, entre as 14:00 e as 16:00, no auditório do Museu do Oriente, na avenida Brasília 352, em Lisboa.

Confirme a sua presença até dia 23 de novembro em https://goo.gl/forms/FD1Y1Kkg5lfo71xx1

 

RESUMO:

O programa de Bolsas Sociais EPIS – Escolas de Futuro 2017/2020 representa um investimento global de mais de 74.400€, que compara com 43.600€ em 2016 (+71%).

Este ano, a 7.ª edição do programa contou com 17 investidores sociais e 10 pequenos doadores:

 

Investidores Sociais: Banco Santander Totta, BP Portugal, Cofaco Açores, Deloitte, Fertagus, Fundação AGEAS – Agir com coração, Fundação Amélia da Silva de Mello, Fundação Galp Energia, Fundação GlaxoSmithKline, Fundação Oriente, Grupo Generg, Grupo Pestana, Servier, Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol, Soroptimist International Clube Lisboa Caravela, VHumana e Vitacress.

 

Pequenos doadores: Andreia Jaqueta Ferreira, Diogo Simões Pereira, Domingos da Cunha Ferreira Grilo, Gaiacede - Empresa Trabalho Temporário, Lda, Joaquim Simões Pereira, Luis Manuel Batista Gonçalves Almeida, Marcelo Formosinho, Maria João Alegria, Paulo Nossa e Susana Lavajo Lisboa.

 

A 7.ª edição das Bolsas Sociais EPIS continua a representar um importante crescimento do programa:

- Nova categoria aberta a pequenos doadores individuais e coletivos;

- Recorde de 17 entidades investidoras e 10 pequenos doadores individuais;

- Recorde de investimento social de 74.400€.

- Recorde de 318 candidaturas recebidas;

- Recorde de 55 bolsas atribuídas a alunos.

 

A Associação EPIS agradece o apoio dos 17 investidores sociais e dos 10 pequenos doadores que se associaram ao programa de Bolsas Sociais em 2017, na qualidade de investidores sociais, numa abordagem de parceria que queremos continuar em 2018.

Em 2017, obedecendo aos critérios do regulamento, o Júri deliberou a atribuição das Bolsas Sociais EPIS – Escolas de Futuro 2017/2020, numa reunião realizada a 27 de outubro, da seguinte forma:

 

□ Boas práticas organizativas de promoção da inclusão social

- CATEGORIA 1. BP Portugal e Servier. Boas práticas organizativas de promoção da inclusão social em escolas do Continente, Açores e Madeira, com Ensino Secundário ou com cursos profissionais de nível de qualificação equivalente.

Foram premiadas as seguintes escolas:

- ETAP - Escola Tecnológica, Artística e Profissional de Pombal (Pombal): premiada com duas bolsas de estudo no valor de 400€ para dois alunos, durante 3 anos. Esta candidatura distinguiu-se pelo projeto “sala de aula outdoor”. Este projeto assenta numa cooperação transversal de todos os professores e alunos para que seja possível ensinar/aprender fora do contexto de sala de aula, numa aproximação com o mundo real com a supervisão dos professores.

- Agrupamento de Escolas Escalada (Pampilhosa da Serra): premiada com duas bolsas de estudo no valor de 400€ para dois alunos, durante 3 anos. Esta candidatura distinguiu-se pelos projetos “Passo a passo” e “Tudo começa por mim”. Estes projetos assentam num programa de desenvolvimento de competências de relacionamento interpessoal, comportamental e igualdade de género para alunos do pré-escolar e 1.º ciclo.

 

- CATEGORIA 2. Deloitte e VHumana. Boas práticas organizativas de promoção da inclusão social de jovens carenciados e/ou em abandono escolar através da Educação, Formação e Inserção Profissional.

Foram premiadas as seguintes instituições:

- Associação das Aldeias de Crianças SOS de Portugal (Lisboa): premiada com duas bolsas de estudo no valor de 400€ para dois alunos do 10.º ano de escolaridade, durante 3 anos, para a frequência de cursos de inglês. Esta candidatura distinguiu-se pelo projeto “Competências de línguas estrangeiras” que pretende facilitar e promover a aproximação dos jovens às exigências do mundo do trabalho atual através da formação e desenvolvimento de competências em línguas estrangeiras, em particular no inglês.

- Escola Secundária da Baixa da Banheira (Vale da Amoreira, Moita): premiada com uma bolsa de estudo no valor de 400€, durante 3 anos. Esta candidatura distinguiu-se pelo projeto “(Re)Começar” que potencia e promove a educação pela e para a cidadania através do desenvolvimento da consciência pessoal e do outro com dinâmicas de grupo em ambiente escolar - conselhos de cidadania -  e atividades outdoor. De acordo com o regulamento desta categoria, o Júri deliberou a conversão desta bolsa em apoio ao programa, em montantes de 600€ a atribuir em 2017 e de 600€ em 2018, mediante a apresentação de um plano e calendário de ações e investimentos justificativos.

- Associação de Pais e Encarregados de Educação da EB1/JI da Escola Básica D. Francisco Manuel de Melo (Amadora): premiada com uma bolsa de estudo no valor de 400€,durante 3 anos. Esta candidatura distinguiu-se pelo projeto “Espaço Mais”, dinamizado pela Associação de Pais para promover atividades que facilitem a aprendizagem, a gestão do tempo e a aquisição de competências académicas, intelectuais e interpessoais, através da supervisão da organização e supervisão de atividades dentro da escola. De acordo com o regulamento desta categoria, o Júri deliberou a conversão desta bolsa em apoio ao programa, em montantes de 600€ a atribuir em 2017 e de 600€ em 2018, para apoiar exclusivamente alunos com ASE e mediante a apresentação de um plano e calendário de ações e investimentos justificativos.

 

□ Mérito académico no 9.º ano de escolaridade

- CATEGORIA 3. AMIGOS EPIS: Mérito académico de alunos do 9.º ano de escolaridade nos concelhos de Pedrógão Grande, Góis, Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos e Pampilhosa da Serra.

Foram premiados os alunos:

- João Miguel Alves Domingos (Góis): frequenta o 10.º ano de escolaridade no Agrupamento de Escolas da Sertã e terminou o 9.º ano de escolaridade com média de 3,70;

- Emanuel da Conceição Alexandre (Pedrógão Grande): frequenta o 10.º ano de escolaridade na Escola Tecnológica e Profissional da Zona do Pinhal (ETPZP) e terminou o 9.º ano de escolaridade com média de 3,00.

 

- CATEGORIA 4. Banco Santander Totta. Mérito académico de alunos do 9.º ano de escolaridade em escolas de todo o país.

Foram premiados os alunos:

- Beatriz Pereira Gaspar (Ponta Delgada): frequenta o 10.º ano de escolaridade na Escola Secundária Domingos Rebelo e terminou o 9.º ano de escolaridade com média de 4,45;

- Guilherme Abrantes Santos (Oliveira do Bairro): frequenta o 10.º ano de escolaridade na Escola Secundária de Oliveira do Bairro e terminou o 9.º ano de escolaridade com média de 4,45;

- Evandro Diogo da Costa Correia (Amadora): frequenta o 10.º ano de escolaridade na Escola Secundária Seomara da Costa Primo e terminou o 9.º ano de escolaridade com média de 3,73;

- Afonso Neves Nuno (Setúbal): frequenta o 10.º ano de escolaridade na Escola Secundária Sebastião da Gama e terminou o 9.º ano de escolaridade com média de 3,72.

 

- CATEGORIA 5. Grupo Generg. Mérito académico de alunos do 9.º ano de escolaridade nos concelhos de Castelo Branco e de Oleiros.

Foram premiados os alunos:

- Pedro Toscano Nunes (Castelo Branco) – frequenta o 10.º ano de escolaridade na Escola Secundária Nuno Álvares e terminou o 9.º ano de escolaridade com média de 4,09;

- Joaquim Ferreira (Oleiros) – frequenta o 10.º ano de escolaridade no Agrupamento de Escolas Padre António de Andrade e terminou o 9.º ano de escolaridade com média de 3,73;

- Francisco Ferreira de Almeida (Oleiros) – frequenta o 10.º ano de escolaridade no Agrupamento de Escolas Padre António de Andrade e terminou o 9.º ano de escolaridade com média de 3,64;

- João Pires (Castelo Branco) – frequenta o 10.º ano de escolaridade no Agrupamento de Escolas Padre António de Andrade e terminou o 9.º ano de escolaridade com média de 3,55.

 

- CATEGORIA 6. Fundação AGEAS. Mérito académico de alunos do 9.º ano de escolaridade nos concelhos de Amadora e de Gondomar.

Foram premiados os alunos:

- Bárbara Rosário (Gondomar) – frequenta o 10.º ano de escolaridade na Escola Secundária De Rio Tinto e terminou o 9.º ano de escolaridade com média de 4,50;

- Vânia Cabral (Amadora) – frequenta o 10.º ano de escolaridade na Escola Secundária Alberto Neto, em Queluz,e terminou o 9.º ano de escolaridade com média de 4,25;

- Deonilde Correia (Amadora) – frequenta o 10.º ano de escolaridade na Escola Secundária Dr. Azevedo Neves e terminou o 9.º ano de escolaridade com média de 4,18.

 

- CATEGORIA 7. Cofaco Açores. Mérito académico de alunos do 9.º ano de escolaridade nas Ilhas de São Miguel e do Pico, Açores.

Foram premiados os alunos:

- Júlia Raposo da Costa Dinis (Ponta Delgada) – frequenta o 10.º ano de escolaridade na Escola Secundária Domingos Rebelo e terminou o 9.º ano de escolaridade com média de 4,5;

- Mafalda Sofia Silveira da Luz (Madalena do Pico) – frequenta o 10.º ano de escolaridade na Escola Básica e Secundária da Madalena e terminou o 9.º ano de escolaridade com média de 4,2.

 

- CATEGORIA 8. Fertagus. Mérito académico de alunos do 9.º ano de escolaridade nos concelhos de Almada e Seixal.

Foram premiados os alunos:

- Helena Abegão dos Santos (Almada) – frequenta o 10.º ano de escolaridade na Escola Secundária Cacilhas-Tejo e terminou o 9.º ano de escolaridade com média de 4,70;

- Ana Vicente Fernandes (Seixal) – frequenta o 10.º ano de escolaridade na Escola Secundária da Amora e terminou o 9.º ano de escolaridade com média de 4,40.

 

- CATEGORIA 9. Fundação Galp Energia. Mérito académico de alunos do 9.º ano de escolaridade nos concelhos de Matosinhos e Sines.

Foram premiados os alunos:

- Eva Ferreira de Assunção (Sines) – frequenta o 10.º ano de escolaridade na Escola Secundária Manuel da Fonseca e terminou o 9.º ano de escolaridade com média de 5,00;

- Gonçalo Oliveira (Matosinhos) – frequenta o 10.º ano de escolaridade na Escola Secundária Augusto Gomes e terminou o 9.º ano de escolaridade com média de 4,73.

 

- CATEGORIA 10. Fundação GlaxoSmithKline das Ciências de Saúde. Mérito académico de alunos do 9.º ano de escolaridade no concelho de Oeiras.

Foram premiados os alunos:

- Beatriz Enes Pais (Oeiras) – frequenta o 10.º ano de escolaridade na Escola Secundária Camilo Castelo Branco e terminou o 9.º ano de escolaridade com média de 4,54;

- André Reis Pinto (Oeiras) – frequenta o 10.º ano de escolaridade na Escola Secundária Sebastião e Silva e terminou o 9.º ano de escolaridade com média de 4,10.

 

- CATEGORIA 11. Fundação Oriente. Mérito académico de alunos do 9.º ano de escolaridade com origem no sul, sudeste e extremo oriente asiático.

Foram premiados os alunos:

- Jani Bhikha (origem na India) – frequenta o 10.º ano de escolaridade na Escola Secundária Seomara da Costa Primo, na Amadora, e terminou o 9.º ano de escolaridade com média de 4,09;

- Joel Abir Caldeira Paul (origem no Bangladesh) – frequenta o 10.º ano de escolaridade na Escola Secundária Fernando Namora, na Amadora, e terminou o 9.º ano de escolaridade com média de 3,60.

 

- CATEGORIA 12. Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol. Mérito académico de alunos do 9.º ano de escolaridade que estejam a ingressar em cursos da área de Desporto.

Foram premiados os alunos:

- Inês Cristina Pereira Sousa (Porto) – frequenta o 10.º ano de escolaridade, do curso profissional Técnico de Desporto, na Escola Básica e Secundária do Cerco e terminou o 9.º ano de escolaridade com média de 4,00;

- Elvis Fredy Pina Tavares (Amadora) – frequenta o 10.º ano de escolaridade, do curso profissional Técnico de Desporto, no Agrupamento de Escolas D. João V e terminou o 9.º ano de escolaridade no ensino vocacional com média de 11,11.

 

- CATEGORIA 13. Vitacress. Mérito académico de alunos do 9.º ano de escolaridade nos concelhos de Odemira (Beja) e Loulé (Faro).

Foram premiados os alunos:

- Diogo Cavaco de Sousa (Loulé): frequenta o 10.º ano de escolaridade na Escola Secundária de Loulé e terminou o 9.º ano de escolaridade com média de 4,00;

- Liliana Silva de Matos (Odemira): frequenta o 10.º ano de escolaridade no Agrupamento de Escolas de Odemira e terminou o 9.º ano de escolaridade com média de 3,41.

 

□ Mérito académico no 12.º ano de escolaridade

- CATEGORIA 14. Grupo Pestana. Mérito académico de alunos do 12.º ano de escolaridade que ingressem em cursos pós-secundário (CET’s ou cursos de ensino superior).

Foram premiados os alunos:

- Ester Raquel Campos Almeida (Amadora): frequenta o 1.º ano do curso de Ciências e Comunicação no Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas, em Lisboa, e terminou o 12.º ano de escolaridade com média de 18,40;

- Rafael Santos Orelhas (Campo Maior): frequenta o 1.º ano do curso de Física na Universidade de Lisboa, e terminou o 12.º ano de escolaridade com média de 16,80;

- Inês Aurora Lopes Alves (Pampilhosa da Serra): frequenta o 1.º ano do curso de Dietética e Nutrição no Instituto Politécnico de Leiria, na Escola Superior de Saúde, e terminou o 12.º ano de escolaridade com média de 16,70.

 

- CATEGORIA 15. Soroptimist International Clube Lisboa Caravela. Mérito académico de alunas do 12.º ano de escolaridade que ingressem no ensino superior.

Bolsa de mérito Colégio Militar atribuída à aluna Ariana Giselle Sanches (Porto) que frequenta o 1.º ano do curso de Direito na Faculdade de Direito da Universidade do Porto e terminou o 12.º ano de escolaridade com média de 19,10.

Bolsa de mérito Dra. Lénia Godinho Lopes, Advogada e Membro da Soroptimist International, atribuída à aluna Andreia Bernardo Almeida (Pampilhosa da Serra) que frequenta o 1.º ano do curso de Engenharia e Gestão Industrial no Instituto Politécnico de Leiria e terminou o 12.º ano de escolaridade com média de 14,70.

 

- CATEGORIA 16. Fundação GlaxoSmithKline das Ciências de Saúde. Mérito académico de alunos do 12.º ano de escolaridade que ingressem em cursos de Ciências da Vida e da Saúde no ensino superior.

Foi premiada a aluna:

- Mónica Andreia Baeta Pereira (Pedrógão Grande): frequenta o 1.º ano do curso de Ciências Biomédicas na Universidade de Aveiro e terminou o 12.º ano de escolaridade com média de 16,8.

 

□ Mérito académico no 9.º ano de escolaridade – Categoria lançada em 12/09/2017

- CATEGORIA 17. Fundação Amélia de Mello. Mérito académico de alunos do 9.º ano de escolaridade em escolas de todo o país.

Foram premiados os alunos:

- Margarida Possacos Marques (Vila Nova de Gaia): frequenta o 10.º ano de escolaridade na Escola Secundária do Cerco e terminou o 9.º ano de escolaridade com média de 5,00;

- Rui José Couto Ribeiro (Trofa): frequenta o 10.º ano de escolaridade na Escola Secundária do Cerco e terminou o 9.º ano de escolaridade com média de 5,00;

- Tatiana Castro Andrade (Porto): frequenta o 10.º ano de escolaridade na Escola Secundária do Cerco e terminou o 9.º ano de escolaridade com média de 4,75;

- Sofia Fontes Moreira (Gondomar): frequenta o 10.º ano de escolaridade na Escola Secundária do Cerco e terminou o 9.º ano de escolaridade com média de 4,66;

- Beatriz Carvalho Ferreira Silva (Porto): frequenta o 10.º ano de escolaridade na Escola Secundária do Cerco e terminou o 9.º ano de escolaridade com média de 4,60;

- Mariana Silva Arruda (Ponta Delgada): frequenta o 10.º ano de escolaridade na Escola Secundária Antero de Quental e terminou o 9.º ano de escolaridade com média de 4,45;

- Mariana dos Santos Narciso (Ponta Delgada): frequenta o 10.º ano de escolaridade na Escola Secundária das Laranjeiras e terminou o 9.º ano de escolaridade com média de 4,45;

- Djonathan Inácio da Silva (Porto): frequenta o 10.º ano de escolaridade na Escola Secundária do Cerco e terminou o 9.º ano de escolaridade com média de 4,25.

- Tatiana Andrade Moreira (Amadora): frequenta o 10.º ano de escolaridade na Escola Secundária Seomara da Costa Primo e terminou o 9.º ano de escolaridade com média de 4,20;

- Diana Filipa Macedo Araújo (Odivelas): frequenta o 10.º ano de escolaridade na Escola Secundária Fernando Namora e terminou o 9.º ano de escolaridade com média de 4,00;

- Ana Rita Oliveira Moreira (Paredes): frequenta o 10.º ano de escolaridade na Escola Secundária de Paredes e terminou o 9.º ano de escolaridade com média de 4,08;

- Tatiana Filipa Marques Maurício (Sintra): frequenta o 10.º ano de escolaridade na Escola Profissional Agrícola D. Dinis, Paiã, e terminou o 9.º ano de escolaridade com média de 3,93;

- Francisco Santos Fernando (Amadora): frequenta o 10.º ano de escolaridade na Escola Secundária Fernando Namora e terminou o 9.º ano de escolaridade com média de 3,80;

- Filipa Alexandra Pinheiro (Paredes): frequenta o 10.º ano de escolaridade na Escola Secundária de Paredes e terminou o 9.º ano de escolaridade com média de 3,72.

 

A Associação EPIS e o Júri das Bolsas Sociais EPIS 2017 felicitam todas as instituições e pessoas que apresentaram candidaturas, pela iniciativa, esforço e pelo mérito do trabalho e resultados apresentados.