Plano de Ação epis

Em 23 de maio de 2019 foi aprovado, em Assembleia-geral, o plano de ação para o novo ciclo de gestão 2019-2021:

EPIS 2040 – SUCESSO PARA TODOS

Dando continuidade ao trabalho desenvolvido com o plano de ação 2016-2019, a EPIS quer continuar a construir o futuro da Educação e da Formação Profissional em Portugal, garantindo o direito de todos os jovens a uma carreira escolar com sucesso, pelo menos até aos 12 anos de escolaridade, e pretende:

- Confirmar-se como a maior e mais impactante causa da Sociedade Civil pela inclusão social de todas as crianças e jovens em Portugal através da Educação para a Cidadania Global do século XXI e da Inserção e Inclusão Profissional;

- Continuar a ser uma referência nacional e internacional na inovação e teste no terreno, com resultados cientificamente comprovados, e na disseminação e internalização no Estado de novas boas práticas de promoção da inclusão social das crianças e jovens dos 3 aos 24 anos;

- Apostar nas tecnologias digitais móveis como instrumento de criação de valor no trabalho no terreno com os diferentes «stakeholders»;

- Continuar a “ganhar o coração dos portugueses”, apostando numa comunicação simples e clara para todos;

- Consolidar uma larga e diversificada base de apoio empresarial e institucional, com crescente representatividade social e distribuição geográfica em todo o país, no Continente e Ilhas.

 

Linhas orientadoras para 2019-2021

Dar um contributo cada vez mais amplo e abrangente para a realização pessoal e profissional de todas as crianças e jovens em todo o país, através de uma Educação para a Cidadania Global no século XXI

- garantindo o direito de todos a uma carreira escolar com sucesso, a começar aos 3 anos e a atingir pelo menos os 12 anos de escolaridade, numa forte coligação com os pais e professores, e em parceria com o Ministério da Educação, as autarquias e as empresas;

- formando e capacitando todos os jovens para uma cidadania global, com aquisição das atitudes e competências necessárias no século XXI, no quadro dos valores humanos universais e do desenvolvimento sustentável, em colaboração com toda a sociedade civil;

- promovendo as vocações e competências profissionais, a empregabilidade e a inserção e inclusão profissional de todos os jovens a partir do 3.º Ciclo, tendo em conta objetivos de desenvolvimento sustentável, em parceria estreita com os Associados e os Parceiros.

 

 

Faça o download do PDF